24 HORAS
24 de março
Faltam 239 dias
Inscreva-se!
Press Release
26/05/2016

Elton Pedrozo é bicampeão na abertura do Festival Brasil Ride Botucatu

Ciclista de Americana venceu a Road Brasil Ride com sprint nos últimos metros. No feminino, o título ficou com a atleta de Assis, Eliana Pinheiro. O evento segue até domingo com 5.100 participantes

Botucatu (SP) - O frio e a neblina na manhã desta quinta-feira (26) não impediram os 800 participantes da Road Brasil Ride de abrirem oficialmente a quarta edição do maior evento esportivo outdoor do País, em Pardinho (SP). Única prova da América Latina do circuito mundial amador da UCI, fazendo parte do calendário da UCI World Series, a competição contou com a presença do prefeito da cidade, Dito Rocha, responsável por dar a largada para os 68,9 km nas estradas locais. Entre os homens, Elton Pedroso foi mais uma vez o melhor e conquistou o bicampeonato no sprint final. No feminino, Eliana Pinheiro destacou-se com mais de três minutos de folga para a vice-campeã Valéria Ciarnuto.

Após a vitória em 2015, Elton Pedroso intensificou seus treinamentos para chegar no Festival Brasil Ride Botucatu em condições de brigar pelo título novamente. "O nível deste ano estava mais forte do que no ano anterior. Dificultou um pouco, mas optei pela estratégia de iniciar tranquilo e estar junto com os ponteiros na hora da fuga. Nos instantes finais fiz um ataque e garanti o título", contou Elton. "Quanto mais você vence, mais chama a atenção dos atletas mais fortes. Tenho que treinar ainda mais para brigar pelo título na próxima", completou o ciclista, que competiu na categoria entre 35 e 39 anos.

Corretor de imóveis em Americana, o bicampeão esteve fora das pistas e encontrou na Road Brasil Ride a motivação para voltar a pedalar após um tempo inativo. "Foi essa competição que serviu de inspiração para eu voltar ao pedal. Independente disso, sempre que me perguntam sobre o evento, eu falo com tranquilidade, é diferenciado. Não é monótono e sem emoção, mas sim bem intenso. Nesse ano melhorou e tenho certeza que vai ser ainda mais completo na próxima edição. Poucas provas para amadores são tão boas quando a Road Brasil Ride. Nós aqui no Brasil precisamos de mais disputas assim", elogiou Pedrozo.

Vice-campeão no geral e vencedor na categoria de 40 a 45 anos, Cleomedes Vanelli endossa a opinião de Elton Predozo. "A organização é 100% e na minha opinião inquestionável. Os responsáveis estão de parabéns e não tenho dúvidas que na quinta edição do Festival Brasil Ride Botucatu teremos mais inscritos e um nível ainda maior", avaliou. "Quem participa do Festival uma vez, acaba comentando com seus amigos de pedal que não puderam vir, e isso divulga não só o evento como também o esporte e incentiva quem está no começo a ficar interessado em vir para cá", complementou o atleta de Campo Grande (MS).

Saúde graças à bicicleta - A terceira colocação do dia veio também em outra categoria, 19 a 34 anos, mostrando a pluralidade do evento. Natural de Serrana (SP), Leonardo Mattos começou no ciclismo para mudar seu estilo de vida. Antes de começar a pedalar, Léo pesava 94 quilos. Hoje, após elimintar 25 quilos, ele comemora não só o título, mas também uma vida mais saudável. "Comecei a pedalar por vontade de emagrecer. Tinha 22 anos, era sedentário, trabalhava e bati mais de 90 quilos. Comecei aos poucos. Fazendo pedais de 10 km no primeiro mês, fui evoluindo até pegar gosto e ir a fundo. Recomendo para todos seguirem essa dieta", contou.

Após completar a Road Brasil Ride, Leonardo homenageou seu ex-colega de equipe, o ultraciclista Claudio Clarindo, falecido em janeiro deste ano, vítima de um atropelamento na estrada em Bertioga (SP). "Essa vitória é para o Clarindo. Uma pessoa que nos ensinou a ter o amor pela bicicleta em todos os momentos. Tive o prazer de conhecê-lo e pedalar junto com ele na CLR Race Team. O pessoal lá de Santos foi que me deu muita força para pedalar e sou muito grato a eles", destacou Leonardo.

Treinos diários para alcançar o objetivo - Campeã geral no feminino, Eliana Pinheiro, de Assis (SP), voltou a competição neste ano apenas com o objetivo de melhorar em relação a 2015, quando foi quinta colocada no geral e surpreendeu-se com a vitória. "Foi uma prova difícil, principalmente no início. Foi ali que definiu-se as favoritas pela vitória. Meu intuito era melhorar o tempo do ano passado e deu certo. Considero que obtive um êxito enorme com o salto de quinto para a primeira posição", vibrou Eliana. "Passei a treinar mais desde a última edição do Festival, praticamente todos os dias. O que fiz foi seguir as planilhas, fazer dieta equilibrada e treinar muito. E deu certo", concluiu.

Sonho olímpico - Um acidente automobilístico em 2009 fez com que Samirian Grinberg perdesse o movimento total da perna esquerda. Mesmo assim, a fatalidade não proibiu a ciclista da categoria PNE de lutar por seus sonhos. "Desde o acidente, venho trabalhando com meu técnico Fernando Firmino para conseguir a convocação para a Paralimpíada Rio 2016, em setembro, já que sou a única atletas na minha categoria no País. A Road Brasil Ride é uma consagração do bom trabalho feito. Dá muita visibilidade, principalmente com atuais e futuros patrocinadores, e também mostra que estou bem preparada para representar o Brasil, caso eu consiga me classificar", deseja Samirian.

Professora campeã - Professora de ciclismo em São Paulo, Claudia Franco, campeã da categoria entre 55 e 59 anos, elogiou o evento pelo estímulo a novos participantes e, assim como Eliana Pinheiro, dá dicas para quem quer iniciar no esporte. "O evento é extremamente importante por fatores como organização, percurso com segurança, coisas que ajudam os iniciantes a terem confiança de competir. Isso incentiva muitos, principalmente aos marinheiros de primeira viagem. Outro ponto positivo são as várias categorias, principalmente no feminino, com as divisões por idade", disse Claudia. "Para quem quer começar, sugiro procurar uma assessoria esportiva e treinar bastante. Em seguida, buscar um fisioterapeuta ou professor de educação física para ajudar na parte de cardio (respiratória). Nutrição correta e ter um bom equipamento também são fundamentais", sugere.

Felicidade pelo crescimento do evento - O sorriso no rosto do fundador da Brasil Ride, Mario Roma, não esconde a felicidade e satisfação do ex-atleta profissional com o crescimento de seu evento, que nasceu bem menor em 2013. "Estamos muito felizes porque a quarta edição do Festival Brasil Ride apresentou um crescimento de mais de 20% num momento difícil do País, provando que o evento está consolidado. Além disso, estamos cumprindo uma das nossas metas, que é disseminar o esporte na região. Tanto é verdade que há dois tínhamos apenas 109 moradores de Botucatu competindo e neste ano chegamos a 950 pessoas", explicou.

Prólogo do Warm Up Brasil Ride Pró - No meio da tarde desta quinta-feira, os participantes da categoria Pró do Warm Up disputaram o prólogo para definir a ordem de largada da sexta-feira, quando farão um percurso de 76,6 km. Os 1.000 competidores, divididos em 50 baterias, fizeram um circuito de 11,6 km em um terreno próximo ao Ginásio Municipal de Esportes de Botucatu.

A largada da segunda etapa do Warm Up Brasil Ride Pró será na sexta-feira (27) será às 10 horas, no Centro Histórico de Botucatu. A partir das 17 horas haverá uma série de palestras na tenda montada no local da largada. A competição está reunindo 5.100 ciclistas e corredores e segue até domingo (29) com provas de bike para crianças, passeio ciclístico e corrida de montanha.

Resultados da Road Brasil Ride - 68,9 km:

Masculino :

Geral:

1- Elton Pedrozo da Silva (Memorial Santos/ Fupes) - 1h54min48s559
2- Cleomedes Vaneli de Souza (Equipe Mar Del Plata) - 1h55min27s294
3- Leonardo Mattos (Cir Team Serrana) - 1h55min27s373

Categoria 19 a 34 anos
1- Leonardo Mattos

Categoria 35 a 39 anos
1- Elton Pedrozo

Categoria 40 a 44 anos
1- Cleomedes Vanili de Souza

Categoria 45 a 49 anos
1- Sergio Gibin (Seme Santa Bárbara do Oeste)

Categoria 50 a 54 anos
1- Paulo Akiau (Noção Cycling Team)

Categoria 55 a 59 anos
1- Jairo Magoga (avulso)

Categoria 60 a 64 anos
1- Luiz Magia (5Wqys)

Categoria 65+
1- José Poli Pares (Ciclovukanos)

Categoria PNE
1- Fabio Sciarra Lucato (Leme Ass.Esportiva/Kronusport)


Feminino

Geral

1- Eliana Pinheiro (Assis SP) - 2h18min49s829
2- Valéria Ciarnuto (Laguens Race Fit) - 2h21min49s157
3- Maria Camila Gianella (avulso) - 2h21min50s469

Categoria 19 a 34 anos
1- Eliana Pinheiro

Categoria 35 a 39 anos
1- Maria Camila Gianella

Categoria 40 a 44 anos
1- Alethea Laiva Tachinardi (Race Consultoria Esportiva)

Categoria 45 a 49 anos
1- Jeane Figueiredo de Abreu (avulso()

Categoria 50 a 54 anos
1- Valeria Ciarnuto

Categoria 55 a 59 anos
1- Claudio Franco (CicloFemini/Specialized)

Categoria PNE
1- Samiriam Grinberg


Programação do Festival:

Dia 27 (sexta-feira)

10h - Largada Warm Up Brasil Ride Pró - Dia 2
16h - Início do Ciclo de Palestras

Dia 28 (sábado)
8h - Largada Warm Up Brasil Ride Pró - Dia 3
10h - Largada Warm Up Brasil Ride Sport
10h - Inscrição Corrida Kids Bike
11h - Largada Corrida Kids Bike

Dia 29 (domingo)
8h30 - Início do Passeio Ciclístico
9h - Trail Run Brasil Ride Pró
10h - Trail Run Brasil Ride Sport

Mais informações:
Site: www.http://romasportsmkt.com.br/warmup/botucatuMTBXCM/
Fan page: www.facebook.com/BRASILRIDE?fref=ts
Twitter: twitter.com/brasil_ride
Instagram: @brasilride

Gustavo Coelho / Doro Jr.- Mtb 13209
E-mail: gustavo@zdl.com.br
Tel: 11 32855911 / Vivo: 11 9.8457-9699

Siga a ZDL no twitter: twitter.com/ZDLcomunica
e no facebook ZDL Comunicação

Campeão no pódio (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Campeão no pódio (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web

Elton cruza a linha de chegada (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Elton cruza a linha de chegada (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web

Campeão comemorando (Fabio Piva / Brasil Ride Botucatu)
Campeão comemorando (Fabio Piva / Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web

Leonardo Mattos, terceiro no geral (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Leonardo Mattos, terceiro no geral (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web

Pódio feminino (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Pódio feminino (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web

Eliana Pinheiro vence a prova (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Eliana Pinheiro vence a prova (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web

Samiriam Grinberg (PNE) (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Samiriam Grinberg (PNE) (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web

Largada (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Largada (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web

Pelotão dianteiro (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Pelotão dianteiro (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web
Neblina forte no início da prova (Wladimir Togumi/Brasil Ride Botucatu)
Neblina forte no início da prova (Wladimir Togumi/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web
Pelotão enfrentou baixa visibilidade (Fabio Piva / Brasil Ride Botucatu)
Pelotão enfrentou baixa visibilidade (Fabio Piva / Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web
Montanhas no percurso da prova (Fábio Piva/ Brasil Ride Botucatu)
Montanhas no percurso da prova (Fábio Piva/ Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web
Cuesta Paulista (Fabio Piva / Brasil Ride Botucatu)
Cuesta Paulista (Fabio Piva / Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web
Disputa pela liderança (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Disputa pela liderança (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web
Líderes em trecho de serra (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Líderes em trecho de serra (Christian Correa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web
Belo visual das estradas de Pardinho (Wladimir Togumi/Brasil Ride Botucatu)
Belo visual das estradas de Pardinho (Wladimir Togumi/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web
Mario Roma, fundador do Festival Brasil Ride Botucatu (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Mario Roma, fundador do Festival Brasil Ride Botucatu (Raphael Zappa/Brasil Ride Botucatu)
Alta  | Web